domingo, 1 de março de 2009

É possível agregar valor ao seu processo comprimindo o tempo?

Se você está pensando que este é um artigo sobre ficção científica está enganado!
Estamos falando de eliminar de seus processos empresariais, todos os focos de tempo improdutivo, e desse modo aumentar o valor oferecido a seus clientes.
Os consumidores atuais estão cada vez mais querendo obter menores custos e maior qualidade para tudo, e querem suas necessidades atendidas cada vez mais rápido.
A primeira década do século XXI está acabando, e as próximas exigirão ainda mais velocidade!
Para atender a esta mudança nos desejos do consumidor as empresas necessitam se tornar muito mais ágeis em adaptar seus produtos e processos às novas características de demanda.
E para isso será necessário comprimir o tempo em toda a cadeia de suprimentos.
O objetivo de uma cadeia de suprimento é entregar valor ao consumidor a um custo menor que a concorrência. Mas o que é valor afinal?
Valor é uma mistura de benefícios tangíveis (características específicas do produto), e intangíveis (caracterizados pela imagem, reputação e responsabilidade).
Para sobreviver, as empresas devem aumentar a proporção de valor adicionado por unidade de tempo, comprimindo o tempo dentro do projeto e da operação .
O tempo que adiciona valor contém três característica básicas:
• Mudança física da natureza de um item consumível
• Produção de algo (através da mudança no produto) que o consumidor valorize ou goste e que deseje pagar para ter.
• Produção do que é desejado pelo consumidor, através do processo correto na primeira e única vez (sem retrabalhos).
Pesquisas recentes na Europa indicaram que apenas cerca de 5% do tempo total de manufatura agrega valor, reduzindo-se para 1% na totalidade da cadeia.
Se por um lado essas figuras são assustadoras, por outro lado mostram o enorme potencial de ganhos quando se foca o tempo.
A compressão do tempo nos processos da empresa aumenta as vantagens competitivas em ambos os lados da equação, porque reduz os custos e porque permite oferecer melhores serviços.
Precisamos no entanto esclarecer o seguinte:
Comprimir o tempo não é simplesmente analisar seus tempos e métodos e o desempenho dos empregados, baseado nos velhos métodos ou processos de trabalho.
Tampouco é fazer os empregados trabalharem mais rápido à custa de perda de qualidade, insegurança ou desemprego.
Estamos falando de trabalhar de forma mais inteligente e menos árdua, removendo os desperdícios ao longo do processo, e com isso obtendo maior satisfação dos consumidores, redução dos níveis de inventário e melhoria da qualidade.
E quais as atividades que agregam tempo mas não agregam valor ?
• Fila
• Tempo de retrabalho,
• Tempo desperdiçado por indecisão gerencial.
Um simples fluxograma que utilize o tempo como base de medição lhe indicará qual o tempo que agrega valor e qual o tempo inútil em seus processos.
A partir daí, a aplicação dos conceitos de compressão de tempo atuará complementando seus outros programas de mudanças organizacionais, ou de qualidade total, permitindo tirar vantagem desse novo foco.
E o que podemos esperar como resultados quando focalizamos nossas análises no tempo?
A lista seria extensa mas podemos destacar:
• Ganhos de qualidade de 60% a 80%
• Ganhos de produtividade maiores que 50%
• Reduções de inventário de 50% a 80%
• Reduções do tempo de desenvolvimento entre 50% a 75%
Além desses, também o foco no tempo serve para apontar novas áreas de ação tais como:
• Geração de soluções para os problemas e as oportunidades identificadas,
• Identificação de programas de mudanças
• Identificação das falhas organizacionais,
• Motivação e entusiasmo nos colaboradores,
• Aumento imediato da lucratividade
Usar o tempo como base das decisões implementa a responsabilidade e agilidade dentro das empresas e tem como um de seus maiores benefícios tornar visíveis os processos da cadeia de suprimentos permitindo executar rapidamente as mudanças necessárias.
Portanto, comece a examinar suas atividades a partir das mais simples (lembre-se que todas as atividades complexas compõem-se de muitas atividades simples).
Analise sua real importância e veja se não pode ser eliminada ou realizada em paralelo com outras.
Pense criativamente em alternativas para reduzir seus tempos de processo,
E lembre-se que pela lei dos consumidores não há lugar para os mais lentos.

2 comentários:

  1. MUITO BOM! Mesmo prá mim, onde LOGÍSTICA contempla muito pouco para minha sobrevivencia profissional (mas, ainda assim, contempla...), serve para consultas recorrentes, de um tema frequentemente árido ou o que é mais comum, dominado por palpiteiros. Quanto ao lay-out, acho-o um pouco obscuro e necessita de ênfases em sub-títulos e colocações por tópicos evidenciados, além da inclusão de algumas imagens Royalties-Free, que auxiliam nós, Primatas Inf.., digo, SUPERIORES, no acompanhar do conteúdo textual apresentado. Vou voltar aqui mais vezes, capriche nas atualizações.

    ResponderExcluir
  2. Valeu pelos comentários e dicas!
    Peço desculpas por não ter publicado antes o seu comentário mas foi por uma bobeada de principiante.
    Espero fazer mudanças satisfatórias no layout das postagens para torná-las mais palatáveis.

    ResponderExcluir