sábado, 7 de março de 2009

O desafio das previsões

As empresas estão acostumadas a aplicar a maioria de sua previsão sobre os 20% dos clientes principais, que tipicamente deveriam responder por 80% dos lucros. Só que esse não é mais o caso. Nari Viswanathan, que é diretor de pesquisas de supply chain no Grupo Aberdeen, explica como as empresas devem atualmente focar sua atenção às necessidades de todos os seus clientes. Ele explica como a desorganização dos padrões normais de distribuição acabaram por criar o efeito cauda longa, uma consequência das cadeias de suprimento globais. Contra esse cenário, torna-se de vital importância para as empresas implementar os seus esforços de previsão, enquanto colocam igual atenção ao gerenciamento de seus inventários. Viswanathan discorre sobre as métricas adequadas para os planejadores de demanda, e sobre as práticas de previsão e planejamento das melhores empresas do mercado.
Veja o vídeo (em inglês) que tem 11:46’ em http://www.supplychainbrain.com/content/videos/aberdeen-group/long-tail-short-notice-the-challenge-of-forecasting/

Precisa registrar-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário