sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Idéias de baixo custo para melhorar o uso de seu espaço de armazenagem

Frequentemente sou questionado por gerentes de armazéns congestionados, sobre como fazer para ganhar algum fôlego.

O congestionamento nos armazéns ocorre muitas vezes por um excesso de compras, ou porque as vendas não alcançaram as metas, bem como para fazer frente a um pico sazonal. No entanto, e quase sempre, embora congestionados nem sempre a ocupação volumétrica é boa nesses locais.

Se você está com problemas desse tipo, antes de pensar em trocar de armazém, ou contratar mais área, comece por aproveitar as oportunidades de melhorias pequenas e de baixo custo, que com certeza não exigirão muito esforço ou investimento, mas que poderão resultar num bocado de ganho de espaço:

  • Reavalie seus padrões de paletização. Qualquer desperdício da superfície ou volume do pálete, é também um desperdício do seu espaço de armazenagem. Assegure-se que os seus padrões de paletização, são de fato os mais eficientes verificando se há possibilidade de rearranjar fisicamente as caixas nas camadas. Veja também se suas caixas podem ser paletizadas pela sua lateral ao invés de pela base. Isso poderá resultar num expressivo ganho de caixas por pálete. Existe uma técnica específica para não sobrecarregar as caixas empilhadas lateralmente. A Clínica Logística www.clinicalogistica.com.br poderá auxiliá-lo na melhoria desses padrões.

  • Além disso, o modo como você armazena seus páletes tem um profundo impacto sobre a utilização de seu espaço. Por exemplo:. Quanto espaço livre existe entre o topo dos seus páletes e a próxima longarina do porta-pálete, além daquele estritamente necessária para a manobra segura da empilhadeira?

  • Considere o melhor aproveitamento do pé-direito. Em minhas consultas, já vi casos em que foi possível ganhar um nível adicional nos porta-páletes, apenas adequando os padrões de paletização e as alturas dos nichos dos porta-páletes.

  • Elimine materiais desnecessários. Um armazém é uma verdadeira “curva de rio” para itens que ninguém sabe o que fazer com eles. Vão se acumulando sem dó! Gerentes de armazém tem sido incumbidos de armazenar equipamentos velhos, arquivo morto, pneus e peças de reposição da frota, e até mesmo decorações natalinas de anos anteriores. Tudo aquilo que não é material ativo, mas que por quaisquer circunstâncias deve ficar no armazém, deve ser segregado em áreas limitadas, tais como junto de pilares, sob escadas, e outras obstruções em que não seja possível armazenar um pálete.

  • Se você não puder encontrar locais desse tipo suficientes para armazenar este tipo de material, sugiro transferi-los para um armazém externo.
    Muitas vezes, os diretores da empresa simplesmente não percebem quais os custos de manter esses itens armazenados até receber a fatura do armazém contratado. Quando vêem o preço, acabam decidindo que os itens não são valiosos o suficiente para mante-los guardados.

  • Encontre espaços “não convencionais” para armazenagem. Use essas áreas para armazenar itens de menos importância. Por exemplo, um amigo meu que é Gerente de um CD, começou a guardar seu estoque de filme stretch sob os transportadores e sob as bancadas da área de embalagem em que são utilizados. Isso resultou na disponibilidade de duas posições pálete sem nenhum custo adicional.

  • Venda seu excedente de inventário. Você prefere recuperar parte de seu custo, ou deixá-lo juntando poeira, tomando espaço, e perdendo qualidade em seu armazém?

  • Com relação ao excesso de estoque relacionado a produtos sazonais, verifique a possibilidade de usar os corredores de seu armazém. Há uma técnica bastante eficiente para isso:
  1. Escolha primeiro um corredor curto ou um fundo de corredor;

  2. Escolha um produto que tenha um grande lote, com datas de validade próximas, bem como que não exijam um controle rígido de FIFO;

  3. Remaneje o estoque desse produto para os porta-páletes do corredor escolhido;

  4. Após ter preenchido todos as posições de porta-páletes, passe a emblocar os demais páletes no corredor até o limite de sobreposição;

Desse modo, esse corredor do seu armazém passa a ser um bloco profundo de armazenagem liberando posições pálete para os demais produtos.


Espero que essas dicas possam contribuir para a melhoria da ocupação de seus armazéns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário