terça-feira, 18 de maio de 2010

Nunca analise as coisas de um único ponto de vista

Um(a) analista de métodos e processos é uma pessoa especial. Não lhe bastam conhecimentos acadêmicos. É verdade que são importantíssimos até porque instrumentalizam o indivíduo para resolver problemas. Porém, o que eu mais prezo no pessoal que trabalha comigo é um pacote composto por criatividade, senso de observação, capacidade de questionamento e de simplificar as coisas.

Vamos falar aqui de observação e questionamento. A criatividade e a simplificação merecem uma outra postagem!

Muita gente tem uma dificuldade danada para considerar alternativas, simplesmente porque assume que aquilo que está vendo é verdadeiro e inquestionável.
A capacidade de questionamento permeia as outras habilidades porque de nada adianta observar e obter milhares de “instantâneos” de um evento, se não souber o que fazer com eles, ou como analisá-los.

Nosso cérebro, quando não treinado, é facilmente enganado pela primeira camada de evidências que formam as nossas premissas ou paradigmas.
Desse modo, é preciso também saber enxergar, mais do que ver o que nos está sendo apresentado.

Para obter êxito nesse propósito, o importante é nunca analisar as coisas que vê a partir de um único ponto de vista, ainda que pareça ser o único correto.

Duvide sempre! Aprenda que a única coisa inquestionável é que tudo é questionável!

Vejam estes dois vídeos. Vocês tem duas alternativas: Acreditar que o impossível acontece ou assistir até o final e perceber como é importante olhar para as coisas de vários pontos de vista.

Como é possível atravessar um lápis pelas duas porcas ao mesmo tempo?



Já ouviu falar em força da gravidade negativa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário