quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Como medir a área de um armazém? - parte 3

Prédios irregulares
Quando se tratar de um prédio irregular, esqueça de vez as medições só ao longo das paredes. Além delas você precisará de outros pontos de referência.

Adote pontos de referência a partir dos quais você possa fazer medições triangulares.
No exemplo do desenho abaixo, há dois pilares centrais. Então tome as medidas das diversas distâncias entre uma quina de cada pilar com o encontro das paredes, entre os dois pilares, etc... Veja as retas internas exemplificando essas medições.

Agora vem o mais legal:
Vamos imaginar que as distâncias encontradas são as mostradas no desenho abaixo.
Trace uma reta para representar a primeira parede. Usando a extremidade "A" como centro trace uma circunferência com raio 513. Usando a extremidade "B" trace uma circunferência com raio 941.
Onde elas se cruzam é a localização da quina do pilar usado como referência.
Agora, usando "A" como centro trace outra circunferência com raio 650 (parede) e usando a quina do pilar que você acabou de posicionar, trace outra circunferência com raio 502. Pronto! No cruzamento dessas duas circunferências estará a extremidade D da parede de 650.
Repetindo esses mesmos procedimentos a partir de suas outras referências, você conseguirá reproduzir exatamente a geometria do seu prédio.

Faça esse exercício e veja que a geometria do prédio real não tem muito a ver com a geometria do croquis que serviu como exemplo.



Portanto, para desenhar corretamente a geometria do prédio, será preciso utilizar seus conhecimentos de trigonometria, ou pelo menos de intersecção de circunferências para encontrar as dimensões e a orientação relativa entre as paredes.

Outro ponto importante é verificar o distanciamento entre os diversos pilares de uma linha, principalmente no sentido transversal ao alinhamento das estruturas porta-páletes. Caso isso não esteja perfeito, você poderá ter a ingrata surpresa de no momento de instalá-los fisicamente se deparar com um pilar no meio de um corredor ou impedindo a montagem de uma longarina.

Por outro lado, certificar-se do alinhamento relativo entre as paredes é fundamental quando se vai instalar estantes, mezaninos ou outras estruturas com corredores estreitos. Nesse caso, um desalinhamento de apenas alguns centímetros poderá atrasar todo o cronograma porque poderá impedir que as estruturas sejam montadas conforme o layout estabelecido.

E o que fazer com um prédio cheio?
Isso aumentará a emoção da tarefa! Muitas vezes temos mesmo a necessidade de medir um prédio já cheio de mercadorias.
Nesse caso, a medição de grandes distâncias ficará prejudicada porque nem sempre, eu diria nunca, você terá grandes linhas de visada para puxar uma trena. Nesses casos, a solução é aproveitar quaisquer pontos de referência que proporcionem uma visada razoavelmente longa e aumentar a quantidade de triângulos interligados. Por outro lado, pequenas (eu disse pequenas) curvas no alinhamento da fita da trena não proporcionam erros apreciáveis de leitura, uma vez que boas trenas são projetadas para serem puxadas com uma força pré-determinada e já levam em conta a catenária formada. Portanto, não é preciso esticar a trena até o seu limite de elasticidade.

Para que sofrer?
O ideal mesmo, em qualquer caso, é utilizar-se uma trena a laser de boa qualidade, que não só simplifica o trabalho mas possibilita “driblar” a maioria das obstruções existentes nos armazéns.

Medir o pé-direito com uma trena a laser também é muito fácil visto que é só mirar e fazer a leitura. A maioria delas tem uma função pitagórica que permite medir alturas através de medições indiretas quando há algum impedimento para que se faça a leitura direta (trena no chão mirando um ponto no alto).

De qualquer modo, use sua imaginação para contornar as dificuldades de leitura. Por exemplo, se não há como fazer uma medição direta, conte os blocos da parede e multiplique pela altura correspondente a 10 ou 20 blocos (nunca um só!). O importante é conhecer a geometria do prédio e o pé-direito disponível, de modo a conhecer todas as suas oportunidades de melhorar sua capacidade de armazenagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário