quarta-feira, 27 de abril de 2016

Uso da média harmônica no planejamento de operações logísticas – parte 2


Na postagem anterior vimos o uso do Harmônico Global, que serve para calcular o efeito de um único elemento do conjunto, substituindo a ação de todos os demais, simultaneamente.  O que pretendo mostrar hoje, é como aplicar a fórmula no caso em que os recursos atuem um contra o outro.
Imagine isso como uma caixa d’água que é alimentada por uma torneira enquanto uma outra permanece aberta.  Se a vazão de entrada for maior que a vazão de saída, em um dado momento a caixa ficará totalmente cheia. Caso contrário, nunca se encherá.
Um bom exemplo prático dessa aplicação, é a verificação da capacidade de uma dada área de estacionamento de páletes para comportar o operação de recebimento de um armazém.
Digamos que sabe-se que os Recebedores conseguem lotar a área definida para o estacionamento das cargas recebidas em 4 horas. Entretanto os Movimentadores só conseguem retirar esses mesmos páletes para a armazenagem em 6 horas.   
Dado que o trabalho é simultâneo, chegará um momento em que a área de estacionamento ficará totalmente cheia dos páletes descarregados. Em quanto tempo isso acontecerá?  


Aplicando a mesma fórmula do caso anterior, cuidando que o sinal agora é “-“ porque temos ações contrárias (encher e esvaziar), chegamos a 12 horas.
Veja que para conhecer isso não importa a capacidade dessa área e tampouco o tamanho das equipes, visto que conhecemos os tempos de encher e esvaziar.
Considerando que o turno de trabalho seja de 8 horas, o estacionamento nunca ficará totalmente cheio. Entretanto, se o trabalho for continuado em um segundo turno, teremos problemas de congestionamento a partir da 12ª hora.  Portanto, nesse caso, ou aumentamos a capacidade de movimentação da equipe de armazenagem, ou teremos que interromper o trabalho de descarregamento.

Podemos concluir com esses exemplos simples, que conhecer esse tipo de média é muito útil para planejar, de forma rápida, o tempo necessário para concluir tarefas que são feitas por um conjunto de recursos com diferentes capacidades individuais, independente da quantidade desses recursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário